Sheryl Sandberg, número dois da Meta, anuncia demissão do cargo

You are currently viewing Sheryl Sandberg, número dois da Meta, anuncia demissão do cargo
  • Post category:Social Midia
Partilhar

A segunda executiva mais poderosa da Meta, Sheryl Sandberg, anunciou nesta quarta-feira 1 de Junho que deixará a empresa até o final do ano, 14 anos depois de ser contratada pelo cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg.

“Após 14 anos, vou deixar a Meta”, declarou no Facebook Sheryl Sandberg, afirmando que esses anos ao lado de Mark Zuckerberg têm sido “a honra e o privilégio de uma vida”.

“É o fim de uma era”, afirmou o fundador da empresa, sublinhando que em 2008, quando contratou Sheryl Sandberg, tinha apenas 23 anos e não sabia nada sobre gestão de empresas.

Ela tinha 38 anos e uma carreira em instituições de prestígio, como o Banco Mundial e o grupo de consultores McKinsey. Também passou pelo Departamento do Tesouro e pela Google, de onde transitou para o Facebook.

A Meta declarou à AFP que Javi Olivan será o novo diretor de operações, mas Mark Zuckerberg precisou que não vai nomear um substituto para o cargo exatamente como está.

O grupo, com sede na Califórnia, tem sido alvo de críticas de políticos e da sociedade civil pelo seu modelo económico, baseado em publicidade direcionada em larga escala e muito ávido de dados pessoais, o que tem suscitado controvérsia, sobretudo desde 2016.

Após se ter imposto como principal rede social nos anos 2000, o Facebook expandiu-se e adquiriu outros serviços, como Instagram, WhatsApp e Oculus. No final de 2021, o fundador indicou que a empresa-mãe passaria a ser “Meta”.

Deixe uma resposta