Apple obrigada a usar USB-C no iPhone a partir de 2024

You are currently viewing Apple obrigada a usar USB-C no iPhone a partir de 2024
Partilhar

A União Europeia anunciou hoje (7) que finalmente chegou a um padrão para os cabos de telemóveis vendidos em seu território. Segundo a decisão de uma nova lei, a partir de 2024, todos os smartphones comercializados na região terão que usar USB-C, o que inclui os iPhones da Apple.

Além de valer para telemóveis, a nova legislação também será aplicada em outros eletrônicos, incluindo tablets e câmeras, headphones, leitores digitais e até mesmo videogames portáteis. Segundo o anúncio do parlamento europeu, a padronização visa facilitar a vida dos consumidores — o que pode fazer a diferença em um mundo com cada vez mais celulares chegando sem um carregador na caixa.

“De acordo com as novas regras, os consumidores não precisarão mais de um dispositivo de carregamento e de um cabo diferentes toda vez que comprarem um novo dispositivo”, explica o comunicado oficial da União Europeia.

Período de adaptação

Como a mudança do padrão de carregador é um processo que pode exigir muito trabalho de fabricantes, a União Europeia decidiu fornecer um período de adaptação para as marcas. A nova regra só começa a valer no primeiro semestre de 2024.

Segundo o trâmite oficial, a nova lei começa a ser aplicada 24 meses após sua publicação. Enquanto o projeto já está praticamente aprovado, o parlamento e o conselho europeu ainda realizarão uma formalidade para que a regra entre em vigor — uma conferência sobre o projeto também será feita ainda hoje (7).

O procedimento deve ser bastante delicado para a Apple, que atualmente comercializa todos os seus produtos globalmente com entradas Lightning. Apesar da legislação obrigar a troca para o USB-C apenas na Europa, a tendência é que a companhia adote o novo padrão globalmente, para não precisar fazer duas versões de todos os seus dispositivos.

Deixar de seguir a legislação também poderia pesar no bolso da marca. No ano passado, a Apple vendeu 241 milhões de celulares globalmente, com cerca de 56 milhões de unidades do iPhone sendo comercializadas em território europeu, segundo estima o The Verge.

Legislação para carregadores

Vale ressaltar que a legislação em questão é voltada apenas para carregadores com cabos. Além da padronização com USB-C, a União Europeia também estipulou que, na hora da compra, os consumidores poderão escolher se o novo telemóvel ou eletrônico virá com um carregador na caixa.

Segundo as estimativas, a nova lei deve reduzir a circulação de carregadores no mercado e garantir uma economia de 250 milhões de euros por ano em compras desnecessárias de fontes de alimentação. Conforme os números apresentados na proposta, cerca de 11 mil toneladas de lixo eletrônico são gerados anualmente por carregadores inutilizados.

Além da padronização de carregadores com cabo, a União Europeia disse que também vai trabalhar em soluções envolvendo carregadores sem fio, como melhores indicações sobre compatibilidade entre aparelhos. Os parlamentares também estão de olho em soluções envolvendo recarga rápida, que também devem receber atenção dos legisladores futuramente.

Fonte: TechMundo

Deixe uma resposta